quinta-feira, 29 de março de 2012

O SOM DA MORTE: MULHER GRAVA SEUS ÚLTIMOS MOMENTOS; FOI ASSASSINADA PELO EX-GENRO

A dona de casa Rosana de Menezes, de 49 anos, morta na casa dela em São Caetano do Sul, no ABC, gravou os momentos de desespero durante seu próprio assassinato. O gravador foi deixado ligado em um móvel da residência e passou despercebido pelos criminosos. As informações são do SPTV desta quarta-feira (28). Um homem de 71 anos foi preso suspeito de cometer o assassinato.

O aparelho captou, primeiro, uma discussão. Em seguida, é possível escutar um barulho de golpes desferidos na cabeça da mulher. Ela implorou por socorro.

saiba mais

Para a polícia, quem ordenou a morte e assistiu tudo foi Arnolfo Mendes. O idoso manteve um relacionamento com a filha de Rosana por cinco anos e havia terminado havia três semanas. A polícia suspeita que o homem tenha decidido se vingar porque Rosana era contra o namoro.

Segundo o delegado Hildo Estraioto Júnior, a gravação foi determinante para a prisão do homem. “Com a gravação não teve como ele refutar, por conta de ter ficado bem evidente que encontrava-se no momento da execução da vítima", afirmou.

Mendes foi preso em flagrante por homicídio triplamente qualificado. Testemunhas contaram ter visto outro homem dentro do carro do suspeito. Para a policia, o preso levou até a casa o executor do crime, que ainda não foi identificado.

Rosana foi enterrada no fim da tarde desta quarta no Cemitério da Lapa, na Zona Oeste da capital paulista. Nenhum parente quis gravar entrevista.

Mendes admitiu, segundo a polícia, que a voz é dele na gravação. Ele negou, no entanto, ter participado do assassinato e disse à polícia que apenas presenciou Rosana passando mal.

Do G1 SP

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...