domingo, 3 de julho de 2011

AS MULHERES DE ITAMAR FRANCO

Itamar ao lado de Lilian Ramos no Carnaval do Rio em 1994

O universo feminino é um capítulo à parte na trajetória pública de Itamar Franco. Supostos namoros, romances e affairs do ex-presidente se tornaram parte do noticiário nacional, em alguns casos envoltos em aura de escândalo. As imagens de Itamar ao lado de Lilian Ramos, num camarote do carnaval do Rio em 1994, correram o mundo. A modelo, que havia desfilado com os seios à mostra, mandando beijinhos para o presidente, se postou ao lado do chefe da nação vestindo uma micro saia e sem calcinha. E foi fotografada assim.

Quando assumiu a Presidência, Itamar já era divorciado de Anna Elisa Surerus - moça elegante e rica da sociedade de Juiz de Fora -, com quem teve duas filhas, Giorgiana e Fabiana. Ao chegar ao Palácio do Planalto, Itamar mantinha um relacionamento discreto com Lisle Heusi de Lucena, filha do ex-senador Humberto Lucena.

Já no governo de Minas, surgiram rumores de um romance do ex-presidente com sua ajudante de ordem, a tenente da Polícia Militar, Kênia Prates, com quem o então governador chegou a ser fotografado de mãos dadas.

Kênia foi substituída pela capitã Doralice Lorentz Leal, que Itamar assumiu oficialmente como namorada. O romance do governador com a discreta e sisuda ajudante de ordem não chegou a incomodar a corporação, até que Doralice foi promovida ao posto de major, em 2001.

Em maio daquele ano, oito oficiais da PM mineira impetraram mandado de segurança contra ato do governador, contestando a promoção e alegando que houve privilégio e os critérios para promoção da corporação - de merecimento, antiguidade ou ato de bravura - não foram atendidos. Doralice não perdeu o posto.

No entorno de Itamar, entre os fieis aliados de Juiz de Fora, sempre se destacavam duas mulheres: Ruth Hargreaves e Neuza Mitterhoff. A primeira é irmã do ex-ministro Henrique Hargreaves, ocupou o cargo de secretária da Presidência e esteve ao lado do ex-presidente em todas as campanhas eleitorais que ele disputou.

Já Dona Neuza atuava como uma espécie de guardiã de Itamar, com quem trabalhava há mais de 40 anos. Costumava fazer o papel de assessora de imprensa, comandava o escritório político em Juiz de Fora e assessorava o ex-presidente inclusive em sua residência.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...