segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

"OS NOVATOS"

A IMPRENSA E OS NOVOS DEPUTADOS


Toda a imprensa incluindo aí, principalmente, parte dos blogs políticos, desde que saiu o resultado oficial da eleição de deputado estadual, que não param de falar dos “novos deputados”.


O grupo é formado por sete integrantes: Vivaldo Costa (PR), George Soares (PR), Agnelo Alves (PDT), Dibson Nasser (PSDB), Fábio Dantas (PHS), Gustavo Fernandes (PMDB) e Tomba (PSB).


Em algumas matérias postadas, em blogs principalmente, parece até que estes “novos deputados” já se rebelaram e fizeram um grupo à parte dos deputados reeleitos.


Não é verdade! Apenas, se existir alguma coisa, passa pelo desejo deles de serem ouvidos mais frequentemente e tomarem parte, efetivamente, dos destinos da Casa de José Augusto, a Assembléia Legislativa do RN.


Apesar de serem novos todos tem uma história política. Não chegaram à Assembléia de para-quedas.


VIVALDO COSTA já foi Deputado Estadual por seis legislaturas. Exerceu o mandato na Câmara Federal com a renúncia de Ney Lopes. Foi Presidente da Assembléia, primeiro Secretário, Líder do Governo, Prefeito de Caicó, Vice Governador e Governador do Estado. Este, sem nenhum demérito para os demais, é um exemplo de homem público a ser seguido.


AGNELO ALVES é de uma família política tradicional, “os Alves”. Já foi Secretário de Estado, Prefeito das Cidades de Natal e Parnamirim e Senador da República.


GEORGE SOARES faz parte da terceira geração de sua família no parlamento estadual. Seu avô, Edgar Montenegro, e seu pai, Rosaldo Soares, já foram Deputados.


FÁBIO DANTAS, neto de Valdemar Veras e filho de Arlindo Dantas, ambos ex-parlamentares, também faz parte da terceira geração de políticos.


GUSTAVO FERNANDES, como os dias anteriores, é da terceira geração, pois é neto de José Fernandes e Lidanva Fernandes e filho de Elias Fernandes, atual Diretor do DNIT.


DIBSON NASSER, que já exerceu cargo comissionado na Assembléia, é filho do atual Presidente da Câmara Municipal de Natal, Vereador Dickson Nasser.


TOMBA, apesar de não ter nenhum parentesco político, foi prefeito de Santa Cruz em duas ocasiões. Além disso sempre militou politicamente ao lado de Iberê Ferreira, atual Governador.


Sabendo-se da origem de cada um deles nota-se que de “novatos” eles não tem nada: são bastante "experientes". Existe somente a coincidência de serem eleitos agora para o parlamento estadual, com exceção de Vivaldo Costa, com ampla passagem pela Assembléia.


Acredito, sinceramente, que não vai prosperar essa imagem que tantos querem passar de uma suposta briga entre os “novos” e os “velhos” deputados. Pelo que pude ouvir e sentir no café com os deputados ocorrido na última segunda feira, tantos os novos quanto os velhos se unirão na defesa de um parlamento estadual cada vez mais atuante.


Vale lembrar, também, que nenhuma pessoa que aqui chega é besta ou bobo. Cada um procura, democraticamente, marcar seu terreno e procurar seu espaço. Besta é quem procura fomentar uma briga inexistente.


Parafraseando Ulisses Guimarães, qualquer um desses 24 deputados eleitos ainda consegue consertar um relógio usando luvas de boxe!


Sejam todos bem vindos!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...